_____________________________________Adicione aos favoritos _______________________________________________________________________ Clique aqui ! . . . . . . . . . . . . . .

Água






Como algo tão abundante e banal se transforma em preciosidade? Nosso desleixo pelo que encontramos em abundância está prestes a ser modificado. Sempre tivemos uma postura de criança mimada a respeito dos elementos que nos compõe, os alimentos, o ar, a água. Até parece que não dependemos deles... Maltratamos, estragamos, não reverenciamos porque eles estão ali ao alcance da mão para quando precisarmos, temos olhos para guardar apenas ouro e diamante, papéis com ideias e objetos de arte. O simples, o que apanhamos fácil não damos a menor importância.


0 comentários:

Postar um comentário

 
____________________________________________________________